Rivalidade entre Irmãos

 

Ei! Me dá esse urso que é meu!”
“Buááá, o meu irmão pestinha pegou o meu carrinho!”
“Poft! Isso é porque você estragou o meu brinquedo!”

 

 

    Vocês já viram essa cena antes? Realmente, não é só na sua casa que acontece isso.


   Os múltiplos, ou irmãos em geral tem esse dilema sempre para resolver. Choram, bate, reclamam para lutar pelos seus pertences, e muitas vezes, o amor dos pais. Mas a boa notícia é que isso é extremamente saudável. O lutar pelo seu espaço, ter suas conquistas envolve saber proteger o que é seu, negociar e acima de tudo, sociabilizar.

 

    Mas então a mãe deve deixar seus filhos se baterem e se machucarem?
 

    É lógico que não, afinal se eles estão em um processo de sociabilização, a mãe pode ajudar os filhos a se entenderem de forma civilizada, assim como ensinar a negociar, a emprestar, a trocar um objeto pelo outro e a concertar o brinquedo do irmão quando quebrar, gerando na criança o senso de responsabilidade própria.

 

   O ideal é que eles saibam o que é de cada um. Alguns brinquedos sempre vão ser de todos, mas tente preservar a individualidade, podendo fazer uma caixa para cada um de cor diferente, ou armário, o que for melhor. Da mesma forma que é bom incentivar o seu filho a se apropriar do que é seu, é de grande importância incentivar a reconhecer e respeitar o que é do outro.

 

    Se os filhos são ainda bebês, e eles estão brigando porque um pegou o carrinho da mão do outro, a mãe pode separar os bebês firmemente, mas sem machuca-los, falar frases pequenas como: “É do seu irmão” “Escolha outro brinquedo” e aos poucos perguntar para um se empresta para o outro um pouquinho. Enfim, você pode usar sua criatividade! Sabemos que é cansativo e o custo é conversar muito com seus filhos e ouvir muita choradeira, mas é por uma boa causa!

 

   Boa sorte! 

   Liana Kupferman CRP: 06-72552 e Vanessa Sapiro CRP: 06-56755-7

 

  • Wix Facebook page

SIGA-ME

  • Wix Facebook page