Papais de Gêmeos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Muitos homens “engravidam" junto. Engordam com a mulher, e até enjôo sentem também.

 

Enquanto as mulheres precisam de uma verdadeira atenção e acompanhamento à sua saúde, os maridos, são o suporte para que tudo isso aconteça. Levá-las ao médico, exame e estar sempre atento às suas necessidades. As grávidas, principalmente com gestação gemelar, passam por uma oscilação de humor que mais se assemelha a uma montanha russa. O homem, seu companheiro, é quem precisa lidar dia-a-dia e ter toda a paciência necessária.

 

Paparicá-la, dar atenção e suporte não é fácil! A verdade é que muitos homens também sentem uma grande insegurança, medo de não dar conta emocionalmente e financeiramente. E também tem muitos papais que só se dão conta da sua nova realidade no momento em que os bebês nascem!!

 

No pós-parto, mesmo contratando enfermeira, babás e empregadas, os pais de gêmeos não têm muito como escapar de ajudar com os filhos e esposa. A jornada é inacabável, dia e noite, além de ter que trabalhar no dia seguinte. 

 

A licença paternidade no Brasil hoje é de apenas cinco dias, reflexo da pouca importância que se dá de seu papel perante a família. Enfim, não é à toa que existe muita depressão Pós-Parto Paterna! Como poucas pessoas têm conhecimento desse fato, ele é obrigado a lidar com todas essas questões sozinho, sem suporte familiar, de amigos e profissionais.

 

Vimos os pais hoje se envolverem cada vez mais na educação, cuidado e trabalho com os filhos.  Os pais de hoje tiveram que reinventar a paternidade, pois provavelmente vivenciaram outro tipo de participação de seus próprios pais na família. Não é raro aqueles que se asseguram que seu pai nunca trocou uma fralda sequer!

 

Tem ainda aqueles pais que infelizmente suas esposas faleceram, no parto ou por outro motivo de saúde, e precisam aprender a fazer um milagroso “malabarismo" para conciliar seus filhos com sua carreira.

 

Cada um tem seu próprio formato de demonstrar seu amor e carinho, seja jogando futebol, andando de bicicleta, levando para escola ou auxiliando na lição de casa. Até uma chamada de atenção, com uma voz assertiva, ou com apenas um olhar. O pai que com toda sua ambiguidade do ser, consegue transmitir amor mesmo em momentos de conflitos.

 

Assim como na Maternidade, a Paternidade se aprende com os filhos e o crescimento é em conjunto. Muito da relação pai e filho dependerá do investimento e da capacidade do pai de sustentar esse vínculo. 

 

A todos os Papais de Gêmeos e Múltiplos, meus sinceros Parabéns e Admiração!!

 

 

Liana Kupferman

CRP - 06/72552

 

Liana Kupferman é Psicóloga Clínica especializada no tema gemelaridade que pesquisa há mais de 10 anos, além de ser autora do estudo: “O Relacionamento dos Irmãos Gêmeos ao Longo do Ciclo Vital”. – PUC SP.

Muito se fala das dificuldades das Mães de Gêmeos, mas pouca atenção é dada à Paternidade Gemelar.

 

Os pais, quando as esposas engravidam, além da felicidade, claro, vem a preocupação de como sustentar a nova família que está se formando. 

  • Wix Facebook page

SIGA-ME

  • Wix Facebook page